Questão sobre possível temática de jogo. [12]

This site uses cookies. By continuing to browse this site, you are agreeing to our Cookie Policy.

Papyrus: 81ª Edição

  • Questão sobre possível temática de jogo. [12]

    Muito boa tarde pessoal,

    Pessoalmente sou aquele tipo de jogador que gosta de tirar partido nos jogos, do que de alguma forma é raro ou apenas não é a forma mais usual de ver as pessoas jogarem. Até porque há cerca de 7-8 anos atrás já tive a minha cota parte no Ikariam de guerras e alianças, e agora estou mais numa de descobrir formas diferentes de usufruir do mesmo.

    Tenho andado a matutar num esquema de jogo diferente, baseado á volta de ter apenas e sempre…,uma única cidade, sem nunca perder a proteção, e mantendo continuamente a conta Premium!

    Obviamente seria um jogo 100% virado para o comercio ,ataques a Barbaros, Ciência, onde teriamos que ter sempre a camâra em lv 6 como maximo, como forma de governo a Oligarquia e tratados Culturais e Diplomacia!

    Gostava de saber a vossa opinião sobre este tema de jogo, e se o consideram interessante, e mais importante que isso, como o veem quanto sua possivel durabilidade e auto-sustentabilidade!

    Obrigado pelo vosso tempo neste meu topico! :thumbsup:
  • A estratégia de teres apenas uma cidade, impede-te de desenvolveres o jogo.
    Com a Câmara a nvl 6, não terás produção de ouro suficiente para sustentar o desenvolvimento da cidade nas restantes vertentes.
    O espaço permitido pelo nvl 6 da CM, limitaria o numero populacional, portanto terias um número reduzido de cientistas e uma produção de ouro insignificante para as necessidades do jogo. Não precisarias de TCs, pois não haveria crescimento populacional (limitado pela CM).
    Claro que nas pesquisas, poderias usar o cristal, mas para a aquisição deste precisarias de ambrósias, ouro ou outro recurso como moeda de troca. Do meu ponto de vista, não me parece viável, a não ser que não queiras evoluir a conta.
    Por outro lado, o Ikariam é um jogo multifacetado e não fazer uso das funcionalidades e dinâmicas do ikariam, não faz sentido (para mim).
  • Draco wrote:

    Gostava de saber a vossa opinião sobre este tema de jogo,
    @Draco,

    Vou responder-te e mostrar-te algumas imagens.

    Até há bem pouco tempo eu tinha 7 contas: 2 no Alpha, 2 no Beta, 2 no My e 1 no Beta Inglês. Hoje, tenho mais uma no S G inglês.

    As 2ª.s contas são provenientes da fusão que houve. e como tal, são contas secundárias.

    Mas as 1ªs. contas, têm tido a sua evolução normal ao longo de vários anos. Evoluem, mas qualquer delas pode responder a uma guerra.

    Mas vou falar-te de uma conta muito especial e que é o meu xodó.

    No Alpha, a minha 2ª. conta tem só uma cidade de nível 4 (está fora de questão mantê-la como conta Prémio)

    Aqui está a prova:


    Claro que é um desafio. Não iria ficar satisfeita com o Ika se tivesse apenas esta conta.

    A conta tem quase 7 anos.

    Se ampliares, podes ver os níveis dos edifícios



    E até o que tem em armazém

    Esta conta tem a Oligarquia como forma de governo, os edifícios que mais beneficiam o comércio e só faz comércio de recursos. Todos os dias milhares e milhares de ouro em movimento, para muito pequeno lucro. Tenho a sorte de estar numa ilha com poseidon. Pelo menos as 1ªs. viagens do dia beneficiam de melhor velocidade.

    Nas pesquisas, já só interessa o futuro económico, para aumentar 20 cidadãos de tantos em tantos meses ou anos.

    Que não é fácil mantê-la assim? Não, não é.

    Mas adoro esta conta e como vês, é possível. Mas é necessário essencialmente, não ter pressa.

    E tanto é possível que a conta que abri no SG vai ser exactamente como esta.

    E sei que já há mais jogadores a fazer a mesma experiência. Mas creio que a manter apenas uma conta neste estilo, vai acabar por cansar.

    E tratando-se de experiências, tenho duas contas só com 4 cidades, apenas uma de cada recurso, também para ver até onde se pode ir nestas condições. E qualquer delas tem todos os edifícios disponíveis.

    Se fores avante, boa sorte e espero que não desanimes. O primeiro ano é o mais difícil.


    O Tempo pergunta ao Tempo,
    Quanto Tempo o Tempo tem
    O Tempo responde ao Tempo
    Que o Tempo tem tanto Tempo
    Quanto Tempo o Tempo tem


    Eu não tenho inimigos, tenho fãs revoltados


    Beta - DJE, My - -KJ-, Alpha - NZDOM
  • Obrigado aos 2 pelas vossas opinióes! Muito bem vindas foram.
    Folgo em ver que realmente é possivel, apesar de , como eu esperava , termos de ser muito pacientes:)
    Penso que vou seguir essa tactica neste mundo e fazer uma outra conta com 4 cidades apenas num mundo novo quando abrir.
    Bom jogo pessoal.!
  • fire_mai wrote:

    Acho que uma evolução destas num jogo de guerra não se justifica,
    fire, por isso eu disse que ter só uma conta assim, vai acabar por cansar. Eu tenho 3 contas preparadas para guerra, as outras são experiências. São desafios.


    fire_mai wrote:

    @megar Eu a precisar de recursos no Psi e tu aí carregadinha deles ...
    Já tive mais. Antes de elevar o Arquivo das cartas para o nível em que está.
    O Tempo pergunta ao Tempo,
    Quanto Tempo o Tempo tem
    O Tempo responde ao Tempo
    Que o Tempo tem tanto Tempo
    Quanto Tempo o Tempo tem


    Eu não tenho inimigos, tenho fãs revoltados


    Beta - DJE, My - -KJ-, Alpha - NZDOM
  • fire_mai wrote:

    Acho que uma evolução destas num jogo de guerra não se justifica, ou tenho uma quinta para andar à porrada ou perde a piada do jogo
    És livre de pensares o que quiseres obvio, mas no meu entender designar o Ikariam apenas como um jogo de Guerra é extremamente limitativo!
    Mas como referi já tenho amimha cota parte de guerras e afins neste jogo, penso que querer variar ou procurar formas alternativas de jogo tb são perfeitamente licitas e nada insanas.
    Da mesma forma que o jogo para ti perde a piada sem guerras, tb para mim perde a piada se em todos os mundos e contas Andar anos a fio sempre a fazer o mesmo! :)

    Boas guerras! :)
  • Glad wrote:

    A unica coisa que te posso dizer é que o Ikariam, jogado pelas regras é um jogo fascinante e que leva anos a colocar todas as "peças" no tabuleiro e mesmo assim nunca está como nós gostaria-mos que estivesse
    A melhor definição do Ikariam que encontrei até hoje, @Glad

    A anarquia ostenta duas faces.
    A de Destruidores e a de Criadores.
    Os Destruidores derrubam impérios, e com os destroços, os Criadores erguem Mundos Melhores.