Em conversa com ... Blueangel

    This site uses cookies. By continuing to browse this site, you are agreeing to our Cookie Policy.

    Papyrus: 81ª Edição

    • Em conversa com ... Blueangel





      Em conversa com ...

      No servidor Omega fomos encontrar a Blueangel, mais uma incansável guerreira do nosso Ika.

      Convidámo-la para o nosso bate papo e ela prontamente se “sentou” à nossa frente.

      E foi assim a nossa conversa:



      Papyrus:

      Olá Blueangel.

      Para já o meu muito obrigada por teres aceite participar no próximo “Em conversa com …” do Papyrus. E vamos começar pelo mais trivial para sabermos com quem estamos a conversar. Assim, Blueangel quem é por detrás do jogo? Nome, idade, onde vives …



      Blueangel wrote:

      Olá megar! Antes de mais quero agradecer o convite. O meu nome é Ema Serrano, natural e residente na Figueira da Foz. Tenho 47 anos. E como diz a minha amiga e companheira de armas Riff, não digas a ninguém ^^


      Papyrus:

      O que fazes na vida real? Trabalho ou estudo? E hobbies?


      Blueangel wrote:

      Sou responsável por um gabinete de apoio à gestão. Contabilidade, finanças e recursos humanos fazem parte do meu dia-a-dia. Sou mãe a tempo inteiro e dona de casa nas horas vagas.. Caminhadas diárias com a minha companheira de 4 patas são ponto assente. Leitura e Cinema. Acompanhar o meu filho mais novo, de 16 anos, em todos os jogos de basquete, tanto pelo Clube como pela Selecção, de norte a sul do país, ocupa geralmente, grande parte dos fins-de-semana. O Ikariam está presente de manhã à noite nas “entrelinhas” ..


      Papyrus:

      Fala-nos um pouco mais da Blueangel. Outras preferência além do Ika – gastronómicas, musicais ou outras.


      Blueangel wrote:

      Música quase tudo, desde Sex Pistols, ao fado.. sendo que, tenho como bandas preferidas Nirvana e Pearl Jam. Tenho paixão por livros: Canção do Rio (Sue Harrison) Vendidas (Zana Muhsen) Madrugada Suja (Miguel Sousa Tavares) Codigo Da Vinci (Dan Brown) A casa Negra (Peter May) .. sem esquecer Mafalda a Contestatária, se bem me recordo, Mafalda esteve presente desde muito cedo..

      Filmes e séries também fazem parte do meu tempo livre, filme preferido, o primeiro filme que vi no cinema, e talvez o seja por isso mesmo! “Out Of Africa”

      Gastonomia? .. Adoro preparar refeições, e mais adoro comê-las! Preferência por vegetais, legumes e fruta, mas não sou esquisita de prato. E como a ruindade não deixa engordar, posso comer à vontade eheheh


      Papyrus:

      Há quanto tempo estás ligada ao Ikariam? Já vi que tens um registo bem antigo no fórum, mas devido à alteração deste, as tuas postagens são relativamente recentes.


      Blueangel wrote:

      Estou ligada ao Ikariam desde 2008, entretanto abandonei em 2012, numa altura mais complicada da minha vida... Regressei em finais de 2016 ao Chi.

      Quando voltei a entrar no fórum passados estes 4 anos havia desaparecido todo o meu histórico, aliás, o mundo Eta também tinha desaparecido.. senti-me um pouco “perdida”


      Papyrus:

      Como foi o teu conhecimento do jogo? Como foram os primeiros passos e com que dificuldades te confrontaste?


      Blueangel wrote:

      Conheci o Ikariam através de um amigo. Não me recordo de dificuldades, só de me divertir bastante. Formámos uma aliança muito cedo que se fundiu com uma outra, os Unos se não me falha a memória, e daí saiu a _DM_ Mundo Eta, posteriormente_MercD_, uma aliança que chegou ao 7º lugar de ofensivos mundial e aí se manteve durante algum tempo.


      Papyrus:

      Em que servidores / comunidades jogas ou jogaste e qual foi o primeiro?



      Blueangel wrote:

      Iniciei no servidor anterior ao Eta mas joguei aí por muito pouco tempo, entretanto abriu o Eta e foi essa a minha casa durante 4 anos, até abandonar.. não cheguei a assistir à fusão de mundos. Regressei, como já referi acima, em finais de 2016, ao mundo Chi.

      Jogo neste momento no Chi, no Omega e no novo servidor de guerra, eu esse tinha definitivamente, que experimentar.

      Papyrus:

      Sempre usaste o mesmo nick? Qual a tua opinião e/ou vantagem em o alterar ou não com frequência?


      Blueangel wrote:

      Sim, desde o início. No Eta tinha, como lhe chamava, um “nick de guerra” Morrighan, para o estilo … e nessa altura não alterava o nick mais do que isto.

      Hoje em dia faço-o com alguma regularidade. Altero o nick na esperança que o pessoal não fuja quando vê o cogumelo da minha Polis a aparecer ..

      Tentar baralhar o adversário, nem que por breves instantes, é a finalidade de alterar o nick, seja na pirataria, seja em Ikariam tradicional, se bem que, há nicks engraçados.. e alterar o nick para além de útil também pode ser divertido.


      Papyrus:

      Já fizeste amizades no jogo? Se sim, perduram? Passaram para a vida real?


      Blueangel wrote:

      Algumas sim. Tanto perduram que se mantêm de há 10 anos para cá. Passaram para a vida real na medida em que esta o permitiu. Quer queiramos quer não, o Ikariam é um jogo de pessoas , e quer queiramos quer não, pessoas geram sentimentos, e as amizades surgem de forma natural.


      Papyrus:

      Inimigos e adversários. Como consideras os teus oponentes in-game?


      Blueangel wrote:

      São pessoas como eu, com as suas vidas reais mais ou menos complicadas.


      Papyrus:

      Qual ou quais os jogadores que mais te influenciaram ou de algum modo te marcaram tanto pela positiva como pela negativa?



      Blueangel wrote:

      Mobes, o amigo que me apresentou o Ikariam, pela jovialidade com que jogava, pela forma descontraída ao mesmo tempo dedicado e intenso.. Bulldog e CABOMOR, ambos Generais na _DM_ Eta, tanto pelo conhecimento que tinham do jogo como pela forma como orientavam em batalha, sabiam brincar e sabiam meter o pessoal na linha quando necessário. HeadHunter adversário no Chi, foi ele que me fez pedalar .. Richamp adversário no Chi e companheiro de batalhas no Omega, pela inteligência que aplica no jogo.

      Pela negativa e das poucas “quezílias” que tive ingame, com a jogadora Xena da minha própria aliança no Chi. Não nos entendíamos em nada, cabeçudas as duas, tivemos que seguir caminhos distintos.



      Papyrus:

      Alguma vez passaste por situações embaraçosas ou por peripécias que hoje recordas com um sorriso? Queres contar?



      Blueangel wrote:

      Tantas … A que costumo chamar loirices!
      Das mais recentes pois das anteriores a 2012 a memória já me falha nesse tipo de pormenores.

      - aquele momento em que estás a jogar no Chrome em telemóvel, tens Polis montada e queres retirar? Mandas abaixo a colónia, e eu mandei abaixo, mas não mandei abaixo a Polis nvl1, mandei abaixo a minha 2ª maior colónia, com câmara nvl 25.. Abri ticket para saber se dava para recuperar mas não havia nada a fazer. Hoje quando mando uma Polis abaixo, verifico 500 x antes de o fazer.

      - aquele momento em que envias barcos a uma carrada de horas de distância para fazer aquele ataque tão esperado em que nada pode falhar.. estás tão perto agora, é já ali ao lado.. até agora está tudo a correr bem, ainda não foste topada.. e, quando preparas a vaga de barcos, apercebes-te de que os reparadores ficaram em casa.

      - aquele momento em que vais toda emproada bloquear a Polis nvl 1 de um adversário e vais com a frota completa! 700 barcos! Pum! A Polis foi abaixo e tu ficas com tudo disperso. Recebes uma pm do oponente, com muita calma, que te diz.. Nunca bloqueies uma Polis com a frota toda. Pode correr mal ..

      - e mandares abaixo uma Polis nvl 1 tua com a barcaria toda lá dentro? ehehehe
      8K de generais pelo cano numa fracção de segundo, esperas nesse momento que ninguém repare..

      E outras.. Em todas estas situações partilhei o ocorrido com a aliança no momento, para que rissem e/ou chorassem comigo ^^


      Papyrus:

      Como gostas mais de ter as tuas cidades posicionadas no mapa do jogo? Juntas? Dispersas? No centro ou mais para um dos lados?



      Blueangel wrote:

      Geralmente agrupo as colónias mas tudo vai depender dos monumentos que consiga fisgar. Quanto mais no centro melhor pois é aí que geralmente ocorre a acção, é onde se concentram sempre mais jogadores. Não gosto de as ter muito dispersas, mas também não gosto de as ter todas juntas, quanto mais juntas menor o raio de acção .. em guerra, pirataria, ou simples pilhanço.


      Papyrus:

      Entre edifícios redutores e os que aumentam as produções, quais os que preferes e porquê?


      Blueangel wrote:

      Sempre os redutores. Porque geralmente não tenho as produções em andamento. Enquanto houver que pilhar tenho tropa e barcos, não produzo, roubo o próximo.

      Para além disso os redutores dão imenso jeito quando subo o palácio ou as residências. Não os tenho todos em todas as colónias. Carpintaria e atelier de arquitectura obrigatórios, fabrica de pirotecnia e caves de vinho sempre que posso.. oculista sempre na colonia de cristal, para diminuir o cristal utilizado nos upgrades e ensaios.


      Papyrus:

      Os teus posts actuais no fórum, resumem-se quase exclusivamente a RCs. Gostas mais de batalhar com tropas ou com barcos?


      Blueangel wrote:

      Sempre preferi os barcos. Apesar de demorarem mais tempo em viagem, não tenho que estar preocupada com o nvl do porto da colónia que ocupo, pois.. esse é um pormenor terrível quando andas com tropa. O tempo de carregamento. Os barcos têm outra liberdade de movimento..


      Papyrus:

      E qual a tua preferência, atacar em grupo ou sozinha? E preferes guerras ou duelos?


      Blueangel wrote:

      É indiferente. Se bem que quando ataco sozinha tenho mais controle sobre o desenrolar da batalha, quando ataco em grupo a diversão é bem maior. Essa azáfama e espírito de grupo são essenciais ao jogo e ao desenvolvimento do próprio jogador.

      Guerras sem dúvida! Que demorem os 10 dias! E que o adversário não desista antes de terminar, de preferência..


      Papyrus:

      Sobre a nova vertente de guerras introduzida no Fórum, sem regras nem limitações – Arena da Glória. Qual a tua opinião?


      Blueangel wrote:

      Uma ideia excelente, na minha opinião poderá trazer novo alento ao Fórum. Hoje em dia é complicado levar uma Guerra oficial até ao fim, complicado também encontrar aliança que a aceite. A Arena da Glória vem proporcionar a postagem dos RC’s de combate, com a vantagem de permitir a interação entre os jogadores, com postagem de comentários. As chamadas “postas de pescada” tão habituais nas guerras que se faziam “antigamente”.


      Papyrus:

      Qual o teu perfil como jogadora? E objectivos no jogo?


      Blueangel wrote:

      Sou aquela jogadora que acorda de manhã e pergunta aos seus botões! “Quem vou atacar/pilhar hoje?” Costumo dizer que dia sem pilhar é dia perdido.
      .
      Geralmente divertida.. e noob! Eternamente noob! A aprender todos os dias.

      Passo bastante tempo on mas nem sempre estou atenta ao jogo, pois a vida não mo permite.

      Adepta dos pontos Ofensivos, evito os Defensivos mas não retiro de batalha se vir que está a decorrer a meu favor, mesmo fazendo defensivos, ou se, estiverem companheiros em risco.


      Papyrus:

      Qual a guerra que te deixou melhores recordações e porquê?


      Blueangel wrote:

      Depois de regressar, a primeira guerra com a OSL no Chi. Uma guerra em que recordei vários pequenos/grandes pormenores.. Guerra que foi aceite na hora, sem preparação alguma, e iniciou 24h depois.


      A _SB_ , bastante inferior em niveis de pesquisa e generais, esteve à altura de um adversário que julgava que iria ser bem mais fácil.. Foi uma guerra intensa q.b. com bastante fair play.


      Papyrus:

      Tens algum ou alguns jogadores que tenham sido grandes referências para ti? E qual o adversário com quem mais gostaste de combater? E com qual menos gostaste?


      Blueangel wrote:

      Mobes, El Dorado, Bulldog, CABOMOR

      Adversário com quem mais gostei de combater.. Palestino. É assustador e emocionante combater com o Palestino.

      Adversário com quem menos gostei de combater.. Sauron.


      Papyrus:

      Cargos nas alianças. Sei que és Líder de uma aliança. Desempenhas ou desempenhaste mais algum cargo noutras alianças? Como te sentes como responsável máxima duma aliança?


      Blueangel wrote:

      Assumi diversos cargos na _DM_ Eta, General, Secretário e Diplomata, cheguei, se a memória não me falha, a ser Líder.


      Sou, neste momento, General na -SBe- Chi, Líder na -UN- Omega e Líder na -WE- Servidor de Guerra.

      Ter cargos em qualquer aliança não é essencial ao meu jogo, assumi a liderança da -UN- e da -WE- porque fui, a modos que, empurrada.. eheheh mas não deixo de me sentir lisonjeada por ter sido escolhida..
      Sinto o “peso da responsabilidade em cima dos ombros”, no entanto, para além de delegar ao máximo todas as tarefas dentro da aliança aos detentores dos respectivos cargos, toda a aliança tem voz activa em qualquer decisão que tenha que ser tomada. Acredito que passe por aí a vontade e dedicação que um jogador possa entregar ao jogo, sentir-se integrado no grupo de que faz parte, e essa integração passa por participar de forma activa nas decisões a tomar.
      “Está aberto o debate! (...)” decisões que sejam mais complicadas de tomar e em que ninguém se entende, porque também acontece, a Líder depois de ouvir a aliança, lá terá que decidir, aqui sim, entra o tal “ peso da responsabilidade”
      E fazer embaixadas... ocupam um slot onde podia estar um quartel! Mas alguém tem que as fazer..


      Papyrus:

      Desde que jogas, qual a característica introduzida no jogo que mais gostaste? E a que menos gostaste?


      Blueangel wrote:

      Característica que mais gostei – A animação dos cenários! Eheheh está cada vez mais interessante.

      Característica que menos gostei – Pirataria. Fui resistente em aderir, mas acabei por ceder, na medida em que se os outros evoluem com os recursos ganhos, eu começo a ficar para trás se não a fizer..


      Papyrus:

      Se pudesses fazer chegar a tua voz à Gameforge, o que proporias? Do jogo e do fórum.


      Blueangel wrote:

      Não é preciso muito para se chegar à conclusão que o Ikariam está em nítido declínio.. Os mundos morrem pouco depois de nascer, olhas à volta e vês ilhas vazias e os amontoados de multis/partilhas inactivas .. Abrem servidores a um ritmo assustador e os poucos jogadores que ainda se interessam realmente por isto, saltam de servidor em servidor, sempre na esperança que o próximo seja diferente..

      Tenho saudades do tempo em que o servidor em que jogavas podia ser a tua “casa” durante imenso tempo porque animação não faltava.. fazíamos guerras atrás de guerras, conquistávamos cantos ao mundo, fazíamos aliados e inimigos eternos.. Discutíamos no Fórum como se não houvesse amanhã, havia tanto movimento ingame como infórum. Estava disponível a informação sobre jogadores banidos, e era, no mínimo, divertido, assistir aos motivos e aos nicks que lá passavam, por vezes preocupante quando era com os nossos companheiros.. ehehe

      Quando abandonei em 2012 já o jogo tinha começado a “arrefecer”, já tinham sido implementados os monumentos e a pirataria era recente. Na minha opinião foram estas novas características de jogo que vieram fazer com que o Ikariam perdesse parte da “magia”.. associadas à possibilidade de partilha de IP, numa quantidade, a meu ver exorbitante.

      Sei, ou melhor, desconfio.. que estas características foram introduzidas e são mantidas porque a GF faz dinheiro com elas, mas vejamos..
      .. eu por exemplo, sou uma jogadora que carrega o jogo, muito de vez em quando, com ambrósia, o valor mais baixo 4,99 Euros, garanto que se não sentisse estar a ser “ludibriada” pela passividade com que a GF permite determinadas situações em prol do que dizem ser o lucro, eu gastaria mais ambrósia, dentro das minhas possibilidades claro. Tenho a certeza que se não se verificasse a taxa de abandono que se deve estar a registar de momento, de jogadores que pretendiam jogar noutras condições, eles também gastariam ambrósia, e a GF teria o seu lucro de outra forma, talvez fosse uma forma mais saudável de fazer dinheiro..
      Já que, se isto continua assim, vão acabar por deixar de o fazer definitivamente.



      Propostas para a Gameforge:

      - Para já, porque é preciso fazer algo a curto prazo, uma fusão de mundos, há mundos que estão abertos de momento com “meia dúzia de gatos pingados” que vão desmotivar e vão abandonar, ridiculo tantos mundos abertos..

      - Avançar, em todos os servidores, com as características de jogo que decorrem no novo Servidor de Guerra. Mas... sem Pirataria; Com a possibilidade de pilhagem de ouro! Mas que se possa voltar a pilhar ouro com barcos de comércio! Não deviam ser os hoplitas a trazer as moedas nos bolsos como está a ser feito no Servidor de Guerra. Já começam a aparecer exércitos de cozinheiros e lanceiros.. Para pilhar ouro a um inactivo com generais zero, tens que enviar milhentas de unidades.. Isto, é no mínimo, ridiculo..

      - Que seja aberto um Servidor apenas com Pirataria, já que há fanáticos dessa modalidade de jogo..

      - Estabelecer um Objectivo para cada Servidor, esta proposta talvez a mais arrojada, fechar o Servidor quando cumprido o objectivo e existir um Rank de Alianças por país. Cada Servidor teria que ter uma aliança vencedora. Conquista de determinada zona do mapa por exemplo..

      - E esta, a meu ver, a mais importante, fim absoluto em todos os servidores, da permissão da Partilha de IP com 11 jogadores, salvo o erro. Para quem não sabe há uma diferença entre multis e partilhas de IP, corrijam-me se estiver enganada. A Partilha de IP é legal e permitida, a Multi é a partilha de IP que não é declarada.. e a diferença é apenas esta. Não digo que não existam situações reais de pais/mães que partilhem IP com filhos por exemplo?.. Irmãos.. Esta permissão deveria ser dada sim, mas limitada a 1 ou 2 partilhas de IP, no máximo. E isto porquê?
      Porque é desesperante assistir às carradas de condomínios fechados que proliferam em todos os servidores. Estão à vista de todos e só não vê que não quer ver.. Pirataria e Permissão de Partilha de IP estão a matar o Ikariam.. pois jogadores que se prezem por jogar dentro dos parâmetros estabelecidos desesperam com tanta falcatrua e acabam por desistir.
      Quando iniciei no Ikariam já existiam multis.. geralmente eram caçadas.. Hoje em dia, são permitidas, a olhos vistos pela própria Gameforge.
      Sou sincera, não conheço outros jogos, há quem diga que as pessoas se dispersam pois existem jogos mais aliciantes, até podem existir, mas o Ikariam pode voltar a ser atractivo.. é só querer.




      Papyrus:

      Que aconselhas aos outros jogadores? E aos utilizadores do fórum?


      Blueangel wrote:

      Divirtam-se. Sem nunca esquecer que a nossa liberdade termina onde começa a liberdade do outro.


      Papyrus:

      Desejas acrescentar algo mais que eu não tenha focado?


      Blueangel wrote:

      Não me está a ocorrer mais nada megar. E mais uma vez agradeço a entrevista.



      Papyrus:


      E é tudo por agora. Está atenta à próxima Edição do Papyrus. Mais uma vez muito obrigada e bem hajas.

      megar


      Nota. Imagem da Internet


      Redactora: megar
      Chefe da Redacção: mata hari

      O Tempo pergunta ao Tempo
      Quanto Tempo o Tempo tem
      O Tempo responde ao Tempo
      Que o Tempo tem tanto Tempo
      Quanto Tempo o Tempo tem


      The post was edited 1 time, last by mata hari ().

    • @megar, muitos parabéns pela entrevista e parabéns à @Blueangel também por ter contribuído positivamente para este trabalho.

      Algumas notas breves:
      • As fusões de servidores estão pedidas pela nossa comunidade e muitas outras. Infelizmente, de momento, não é possível faze-las uma vez que as fusões não acompanharam as últimas versões (e mais uma vez, o Ikariam está, temporariamente, em auto-gestão).
      • Já foram encomendados servidores sem pirataria por todas (ou pelo menos quase todas) as comunidades. Sempre foi recusado.
      Os restantes pontos desta questão têm sido discutidos inúmeras vezes pelo fórum fora, portanto não me vou repetir neles.

      Uma vez mais, óptimo trabalho às duas e em particular à @Blueangel, um muito bom jogo e boas postagens... queremos ver-te a encher a Arena da Glória de tópicos ;)
    • Parabéns a ambas, entrevistada e entrevistadora, pela excelente entrevista!

      Gostei muito do conteúdo explorado, mas não posso deixar de destacar em particular o seguinte momento:

      megar wrote:



      Papyrus:

      Se pudesses fazer chegar a tua voz à Gameforge, o que proporias? Do jogo e do fórum.


      Blueangel wrote:

      (...)

      - E esta, a meu ver, a mais importante, fim absoluto em todos os servidores, da permissão da Partilha de IP (....) Esta permissão deveria ser dada sim, mas limitada a 1 ou 2 partilhas de IP, no máximo. E isto porquê?
      Porque é desesperante assistir às carradas de condomínios fechados que proliferam em todos os servidores. Estão à vista de todos e só não vê que não quer ver.. Pirataria e Permissão de Partilha de IP estão a matar o Ikariam.. pois jogadores que se prezem por jogar dentro dos parâmetros estabelecidos desesperam com tanta falcatrua e acabam por desistir.
      Quando iniciei no Ikariam já existiam multis.. geralmente eram caçadas.. Hoje em dia, são permitidas, a olhos vistos pela própria Gameforge.
      Sou sincera, não conheço outros jogos, há quem diga que as pessoas se dispersam pois existem jogos mais aliciantes, até podem existir, mas o Ikariam pode voltar a ser atractivo.. é só querer.


      Uma salva de palmas.
    • Gostei muito da entrevista Generala :P

      Eu estava lá nestas:
      Display Spoiler
      - aquele momento em que estás a jogar no Chrome em telemóvel, tens Polis
      montada e queres retirar? Mandas abaixo a colónia, e eu mandei abaixo,
      mas não mandei abaixo a Polis nvl1, mandei abaixo a minha 2ª maior
      colónia, com câmara nvl 25.. Abri ticket para saber se dava para
      recuperar mas não havia nada a fazer. Hoje quando mando uma Polis
      abaixo, verifico 500 x antes de o fazer.



      - e mandares abaixo uma Polis nvl 1 tua com a barcaria toda lá dentro? ehehehe
      8K de generais pelo cano numa fracção de segundo, esperas nesse momento que ninguém repare..


      são aquelas situações em que tu ris...mas é aquele riso de nervosismo miudinho de ver um companheiro a se lixar à grande por uma simples distração, custou mas agora tens a colonia evoluida outra vez :D
    • É sempre uma boa escolha entrevistarem a nossa Generala!

      Essas tuas "loirices" já me salvaram várias vezes depois disso, quando estava à beira de fazer o mesmo, mas lembrava-me das tuas circulares com a dita cuja e ia confirmar que estava tudo ok antes de fazer o disparate :saint:

      Como o @mushuu disse, situações para rir (bastante kkkk), mas principalmente por não ter sido connosco! A brincar a brincar mas foram-se 100k à vida com essa CM a 25 :whistling:
    • Parabéns à Megar, pela iniciativa. Parabéns à minha Blue, porque está sempre à altura de qualquer desafio!!!

      Gostei muito de ler, do início ao fim! Porque a Blue é o que está escrito e muito mais!!!! Faz-nos recuar no tempo e sorrir!!!

      E é porque existem Pessoas assim, de coração grande, que me mantenho por aqui. <3


      PS: em relação aos ip's e afins, pois sou da mesma opinião.
      Digamos que o Ika está um pouquinho doente... e não sei quando terá melhoras...
    • A entrevista foi otima, houve muitos pontos de vista em comum que tenho com a Blueangel

      Agora separando águas não sei a razão pela qual foi banida no SG 03 pois não sou SGO lá mas repito, há muitos pontos de vista em comum com os meus

    • @MrBiogene ninguém está a discutir bloqueio nenhum. Tu sabes as regras, mas sabes o que significam?

      4 - Denúncias de Jogadores, Reclamações ou Queixas de Castigos sofridos:
      • O local correcto e oficial para a denúncia de jogadores, reclamações ou queixas de advertências e bloqueios é no sistema de suporte (ticket);
      • Tópicos sobre estes assuntos são imediatamente encerrados e a insistência em continuar a abrir tópicos ou a fazer posts relacionados com este assunto pode levar a bloqueios de conta. O mesmo vale para postagens;
      • Sempre que precisar se queixar de uma punição recebida, o utilizador deve contactar o sistema de suporte. Caso não concorde com a decisão/explicação deverá solicitar que o superior hierárquico tome conta do caso



      Está aqui alguma coisa a dizer que não se pode mencionar um bloqueio? Não estou a fazer nenhuma denúncia nem queixar-me de alguma advertência que foi aplicada, portanto não estou a ir contra as regras.

      Vá, não abuses do poder e bom jogo.
    • Vamos lá

      @Avo Detetive, também ninguém te deu castigo nenhum - certo?

      @MrBiogene apenas fez uma chamada de atenção para o assunto morrer antes que enveredasse por caminhos proibidos, o que por diversas vez já aconteceu.

      Ninguém está a abusar de ninguém.
      O Tempo pergunta ao Tempo
      Quanto Tempo o Tempo tem
      O Tempo responde ao Tempo
      Que o Tempo tem tanto Tempo
      Quanto Tempo o Tempo tem