Ágora: Armazenamento em Jogo [13]

This site uses cookies. By continuing to browse this site, you are agreeing to our Cookie Policy.

  • Ágora: Armazenamento em Jogo [13]

    A equipa Ikariam Portugal vai tentar puxar por ti e pelas tuas opiniões todas as semanas. Vamos querer saber como jogas ikariam, mas também o que pensas de assuntos off-ikariam que possam ser relevantes na atualidade!

    Esta semana vamos convidar-te a falar sobre
    Armazenamento em Jogo


    Armazém
    O armazém é um elemento fundamental em todas as cidades. Aqui, podes armazenar os recursos que recolhes, trocas e pilhas. Todos os armazéns têm uma área secreta onde uma porção limitada dos recursos são guardados de forma segura, para evitar que fiques de mãos a abanar em caso de ataque. O sistema de jogo atual permite que construas até 4 armazéns na tua cidade. Mas vale a pena ocupares espaços livres de construção para ganhares esse nível de armazenamento?


    Depósito
    Para construíres um depósito tens de ser um jogador médio-avançado. Apenas consegues desbloquear este edifício após pesquisares Depósito (Economia). Uma vez construído, tens a capacidade equivalente a 4 armazéns. No reverso da moeda está a logística de armazenamento de recursos, uma vez que a acumulação absurda que este edifício permite, põe tudo à vista: em caso de pilhagem todos os recursos aqui guardados podem ser livremente levados pelos teus opositores. Será que o risco compensa a eficiência?


    Conta-nos tudo!
    » Qual é a estratégia de armazenamento que usas nas tuas cidades?
    » Que opiniões tiveste em consideração nessa decisão?
    » O que pensas destes dois edifícios?

    Observações:
    » Estamos abertos a receber sugestões de temas para as próximas semanas. Se tiveres alguma ideia que gostavas de ver desenvolvida, envia-me uma mensagem privada e trabalharemos em conjunto no planeamento dessa discussão.
    » Esta iniciativa foi desenvolvida no seguimento de uma sugestão recebida de forma anónima. A implementação é totalmente independente da GameForge e os conteúdos visam as sugestões recebidas e as ideias pessoais dos membros da equipa Ikariam Portugal.
  • » Qual é a estratégia de armazenamento que usas nas tuas cidades?
    Se jogarmos com piratas devemos ter 4 armazéns por cidade todos ao nível máximo se possível.

    Ao chegarmos a um certo nível de pontuação/crescimento torna-se impossível não ter 4 armazéns e um deposito em cada cidade pois não temos armazenamento suficiente para aumentar edifícios.

    » Que opiniões tiveste em consideração nessa decisão?
    Basta querer aumentar o palácio para nível 11, que será necessário ter 4 armazéns e um deposito

    » O que pensas destes dois edifícios?
    Os armazéns deveriam ter mais armazenamento por nível, pois ao chegar a um nível alto, é quase impossível não usar ambroseas para aumento de armazenamento. Isto se não tivermos um deposito na cidade


    "Eu sou um castigo de Deus. Se não tivesses cometido grandes pecados, Deus não teria enviado um castigo como eu para cima de ti" By: Genghis Khan
  • Qual é a estratégia de armazenamento que usas nas tuas cidades?
    Eu uso 3 armazéns a nível 40 e um deposito que na maioria das cidades está a nível 38 , Fico assim com 2178,500 de capacidade de armazenamento
    Com esta capacidade de armazenamento já não posso evoluir museu para nível 20 ou CM para nível 38, por ex sem recorrer a ambrosia. Ou seja não evoluo...
    Tenho uma cidade ainda com residência a 10 e que estou a trabalhar na evolução do deposito para 40 e tenho 4 armazéns a 40, quero ver se consigo evoluir a residência assim:)
    Que opiniões tiveste em consideração nessa decisão?
    A partir de determinado patamar é impossível evoluir sem recursos ao deposito.

    O que pensas destes dois edifícios?
    Concordo em absoluto com o Secretario, o armazém devia ter maior capacidade de armazenamento
    Don't count the days
    Make the days count
  • Vamos a contas:

    Para ter nivel 11 do palacio/residencia é necessario ter (com carpintaria e atelier ao maximo):
    Material de construção: 2,561,499
    Vinho: 774,803
    Mármore: 859,499
    Cristal: 1,167,487
    Enxofre: 1,584,248

    ou seja ter uma capacidade de 2,561,499 pelo menos

    Numa cidade com 3 armazéns em máximo (40) e um deposito 35 dá uma capacidade de 2,082,500
    Só para terem uma noção, é necessário ter o seguinte para subir +1 nível ao deposito:
    Madeira: 815,503
    Mármore: 426,994
    Cristal: 547,178
    Enxofre: 1,168,722

    E falta 500.000 de capacidade!?!?!?

    Será entao o 4º armazem que dará mais 320,000 de capacidade e mesmo assim teremos que aumentar o deposito mais uns niveis!!!!!

    Não é por acaso que é quase impossível não meter umas ambroseas para subir o palácio/residenciais para o nível máximo.

    E temos o mesmo problema em aumentar os edificios em contas altas! Alguns exemplos meus:

    Quartel de 47 para 48:
    Material de construção:2,913,011
    Mármore:2,019,094

    museu de 19 para 20:
    Material de construção:2,094,269
    Mármore:2,693,593


    "Eu sou um castigo de Deus. Se não tivesses cometido grandes pecados, Deus não teria enviado um castigo como eu para cima de ti" By: Genghis Khan
  • A questão do armazenamento é um pouco complexa pois depende da vertente que se pretende dar ao jogo e do nível em que a conta está.

    Mesmo para um jogador guerreiro ou construtor, as necessidades de armazenamento dependem do nível da conta pois não é a mesma se a conta tem menos de 5 kk de pontos, se tem 5 a 10 kk de pontos ou se já vai nos 20, 40, 60 kk de pontos.

    Também depende da estética que se quer dar às cidades (eu prezo muito isso).

    Um jogador que se dedica essencialmente à pirataria para ganhar recursos para a pontuação subir rápido, lógico que vai optar por ter depósito e 4 armazéns em todas as cidades e tudo no máximo sem se importar na maioria dos casos com os restantes edifícios. Ele só vê armazenamento para ganhar o máximo possível na pirataria.

    O jogador essencialmente guerreiro, já pondera outro tipo de evolução e nem sempre opta pelo armazenamento a 100% das possibilidades. Já olha mais para os edifícios que lhe permitem ter rapidamente recursos para fazer generais, muito generais e rapidamente e também os meios de os deslocar depressa, e muitas vezes poupa nos cientistas e trabalhadores para poder produzir muito ouro. Mas outra vertente do guerreiro é o que só se importa com batalhas e ainda com conta pequena deixa de evoluir e põe férias se não houver guerra. Este também pouco precisa de armazenamento.

    O jogador construtor olha para as cidades de modo diferente. Quer evoluir rápido mas detem-se também nos restantes edifícios e até um certo nível, o armazenamento não é prioridade.

    Esta é uma maneira geral de ver as coisas pois conheço de todos os casos, mas não há regra sem excepção.

    Há também o constructor / guerreiro – este tenta evoluir para ter mais capacidade de produzir recursos para fazer generais e ouro para os sustentar.

    Mas seja qual for a vertente que o jogador escolha, a partir de um determinado nível é impensável evoluir sem pensar em armazenamento. Qualquer edifício utiliza imensos recursos e é necessário ter capacidade para os guardar.

    Muitos evoluem razoavelmente (por exemplo até 8 a 10 kk de pontos), mantendo apenas 10 cidades, alguns 11.

    Também já vi jogadores com 12 cidades e menos de 5 kk de pontos. Estes decerto têm as cidades vazias e só têm armazéns e depósito ou pouco mais.

    Agora falando um pouco de mim, que não sou uma guerreira / ataque, mas tenho 3 contas que podem perfeitamente corresponder aos requisitos de uma guerra. As 3 andam entre os 10 e 12 kk de pontos gerais.

    Por princípio, eu gosto de ter contas equilibradas (e bonitas). Todas as contas têm pelos menos um edifício de todos, portanto, o espaço que sobra para os armazéns não é muito.

    À excepção da conta do My, as outras têm em todas as cidades 2 armazéns e um depósito. Por isso, não poderei evoluir o palácio e residências, sem recorrer à duplicação de armazenagem.

    Quanto à conta do My, tenho 2 cidades só com um armazém e o depósito. Mesmo assim, e à tangente, com o armazém a nível 40, o depósito a 30 e recorrendo à duplicação de armazenamento, consegui elevar as residências para 11. Nesta conta, a 12ª. cidade que era para ser flutuante, acabei por torná-la fixa e por uma questão prática para poder elevar a residência e acabar com a corrupção mais rapidamente, tem 3 armazéns. E também por estar um pouco desviada das outras e permitir mais protecção de recursos.

    Tenho ainda outra conta com 8 cidades fixas, também com 2 armazéns cada e depósito que já tem palácio e governadores a 11 e portanto a possibilidade de ter 4 cidades móveis (até poderei alugar uma Polis para tratado de guarnição em qualquer parte do mundo, desde que paguem bem :D :D :Dbrincadeirinha) e mais duas contas, apenas com 4 cidades cada, uma de cada recurso, que são experiências para ver até onde se consegue evoluir nessas condições. Claro que estas só têm um armazém e depósito em cada cidade pois não prescindi de possuir todos os edifícios.

    E por último, o meu xodó, a minha cidade eternamente protegida dos deuses. Cidade de nível 4 e simplesmente vocacionada para o comércio de recursos, possui os edifícios que melhor convêm à actividade comercial e tem 2 armazéns e depósito. Mas já tem mais de um milhão de pontos e mais de 300 kk de ouro.

    E pronto (devia era ter feito este post como matéria para o Papyrus).



    MrBiogene wrote:

    mas a megar obrigou-me a destruir um deles...
    Ele mente com quantos dentes tem na boca. Eu apenas o aconselhei porque precisava de edifícios imprescindíveis num jogador que se preze e não os tinha.
    O Tempo pergunta ao Tempo,
    Quanto Tempo o Tempo tem
    O Tempo responde ao Tempo
    Que o Tempo tem tanto Tempo
    Quanto Tempo o Tempo tem


    Eu não tenho inimigos, tenho fãs revoltados


    Beta - DJE, My - -KJ-, Alpha - NZDOM
  • Qual é a estratégia de armazenamento que usas nas tuas cidades?
    Eu uso 1 ou 2 armazéns a nível 30 / 38 e um deposito que na maioria das cidades está a nível 25. Praticamente o suficiente para com ajuda de ambrosias poder evoluir as Casas do Governador para nível 11.

    E como toda a minha conta é virada para batalhas, tenho 6 forjas… tenho quartel e estaleiro em todas as cidades e por isso tenho também os edifícios que fazem poupar enxofre e madeira.

    Como depois tenho os restantes edifícios que considero mais importantes para mim acabo por não ter mais espaço nas cidades para colocar mais armazéns.

    Também tenho noção de que nesta forma de jogar torna-se difissil de evoluir porque para ter generais a topo tenho por norma minas e pesquisas paradas… e com a falta de alvos para pilhar praticamente é andar por cá só por andar há espera que alguém se meta para que possamos usar os generais.

    Concordo também que é super difícil evoluir mais com a pouca capacidade de armazenamento, tal como os anteriores comentaram.


    Que opiniões tiveste em consideração nessa decisão?
    Sei que quem tenta evoluir mais e mais vai naturalmente precisar de mais armazéns e terão de abdicar de outras coisas como a espionagem ou os edifícios que dão mais % de produção.

    Quem quer andar sempre em combates e batalhas vai ter o indispensável do armazenamento para privilegiar os edifícios que permitem ser rápido a repor generais.

    O que pensas destes dois edifícios?
    Quanto a mim acho que bastava haver liberdade de ter 4 Armazéns ou 4 Depósitos para se resolver o problema… Assim quem quisesse evoluir mais teria mais oportunidade mas também estariam mais exposto a poder ser pilhados por não terem a protecção dos armazéns.
  • megar wrote:

    Ele mente com quantos dentes tem na boca. Eu apenas o aconselhei porque precisava de edifícios imprescindíveis num jogador que se preze e não os tinha.
    Ora essa, eu não sou jogador de jeito, toda a gente sabe isso... Não é à toa que tendo conta desde 2008 estou menos evoluído que qualquer pessoa que tenha criado conta ontem! :P
  • MrBiogene wrote:

    A equipa Ikariam Portugal vai tentar puxar por ti e pelas tuas opiniões todas as semanas.
    Será melhor todos os meses. Mas vai sendo tempo de mais um tema.
    O Tempo pergunta ao Tempo,
    Quanto Tempo o Tempo tem
    O Tempo responde ao Tempo
    Que o Tempo tem tanto Tempo
    Quanto Tempo o Tempo tem


    Eu não tenho inimigos, tenho fãs revoltados


    Beta - DJE, My - -KJ-, Alpha - NZDOM
  • que tal falar do tema sobre que Tipo de Governo se deve ousar quando se esta em guerras ou quando se quer juntar ouro e qual a o mais ousado por todos .......

    há muitos aqui que não sabem disso ....