Identificação de parceiros de tratados nas ilhas [6]

This site uses cookies. By continuing to browse this site, you are agreeing to our Cookie Policy.

Caros jogadores Chegou o dia da mudança. A partir de hoje (14.02.2019) e por 1 ano este fórum ficará em modo de leitura apenas. Poderão continuar as vossas aventuras e começar novas no nosso novo Fórum, basta registar uma nova conta. Estamos à vossa espera! Cliquem aqui: Novo Forum

  • Identificação de parceiros de tratados nas ilhas [6]

    Nome da Sugestão:
    Identificação de parceiros de tratados nas ilhas
    Explicação da sugestão:
    Me incomoda não saber onde estão localizados meus parceiros de tratados. É comum fazer tratados culturais com pessoas aleatórias, com quem nunca conversou antes e, provavelmente, nunca conversará. Isso se tornou ainda mais verdade com a fusão, onde os tratados foram resetados.
    Gostaria eu de ter tratados somente com membros da minha aliança. Porém, somos por volta se 80. Minhas vagas vão além disso, a da maioria da galera também.
    Bem, depois dessa introdução, minha sugestão:
    Uma marcação nas ilhas onde temos parceiros de tratados. Assim como tem os de aliança e pirataria, também gostaria de um de TC.
    Para não se tornar muito poluido o mapa mundo, poderia ser algo opcional (Ativar/Desativar localização de parceiros de tratados). Poderia ser algo mais discreto também. Ao invés de uma bandeira, um ponto nas ilhas...ou algo do tipo.
    Por que vim sugerir isso? Porque gosto de atacar. E , se não me engano, dá ''problema'' quando ataca parceiros de tratados. Logo evitaria um certo constrangimento. -Tem outras utilidades pra isso também, mas pra mim seria só pra guerra.
    Prós:
    Facil localização de parceiros de TC.
    Contras:
    uma marcação a mais na ilha, totalizando 3
    Comentários:
    Bem, iria deixar para dar essas sugestão mais pra frente, para aprimora-la mais, planeja-la melhor. Porém acabaria me esquecendo. E é algo que gostaria que tivesse. Não faço ideia se isso é útil pra mais alguém, mas pra mim seria. Enfim, é isso. Acho dificil que alguém concorde comigo, mas queria dar essa sugestão já que é algo que teria considerável utilidade pra mim.
  • Muito bom, quem nunca moveu os generais para atacar um alvo e assim que chegou a ilha somente no ato do ataque foi perceber que possui um tratado cultural com o adversário? Acho que isso iria facilitar muito, ainda mais agora que com a fusão estamos a estabelecer tcs com todos sem nem conhecer. Sendo assim eu aprovo!
  • Acho que o ideal seria mesmo passar a poder atacar parceiros de TC porque existem muitos jogadores com dezenas de Tcs e torna-se muito complicado mete-los todos dentro da aliança, o que nos dificulta a vida quando estamos em guerra ou apenas a pilhar :/
    Mas isto assim já vai ajudar um bocado :)

    8/10
    "Se queres chegar a onde a maioria não chega, faz o que a maioria não faz." - Bill Gates
  • Toast-PT wrote:

    Acho que o ideal seria mesmo passar a poder atacar parceiros de TC porque existem muitos jogadores com dezenas de Tcs e torna-se muito complicado mete-los todos dentro da aliança, o que nos dificulta a vida quando estamos em guerra ou apenas a pilhar :/
    Mas isto assim já vai ajudar um bocado :)

    8/10

    Acho que poder atacar parceiros com o qual temos TC's seria demasiado, cabe ao jogador fazer a gestão dos tratados, assim como a gestão dos prós e contras que isso trás à sua conta.

    Por outro lado, uma boa ideia a ser implementada seria um novo tipo de tratado cultural (desculpem a invasão do tópico... se alguém quiser desenvolver isto, esteja à vontade! :P ).
    O actual sistema de tratados culturais tem a sua lógica, os cidadãos ficam contentes ao ver bens culturais de outros povos amigos, mas ficam furiosos quando lutamos contra os mesmos. No entanto na vida real também existe um certo interesse/conhecimento ganho com obras publicadas de pessoas que fizeram "mal" à nossa sociedade, esse interesse existe, mas a "felicidade" não é a mesma.
    Podiam criar dois tipos de tratados culturais (não estou com muita paciência para desenvolver nomes "pomposos", nem este é o lugar ideal pois não quero roubar o tópico ao >Exterminador<) o actual, destinado aos nossos "amigos" com os quais não esperamos ter confrontos. E outro que nos permitisse atacar o povo com o qual temos o tratado (como disse o Toast-PT) mas que apenas desse 60% da felicidade do "original" (30 pontos).
    O numero de tratados por museu permaneceria o mesmo e cada um faria a gestão entre ter tratados a valer 30pontos ou 50pontos consoante as expectativas de ataque no jogo.

    Dura lex sed lex
  • Seria interessante defacto... Mas como o ratakamon disse... A organização dos tratados depende de nós. E digam lá... quem nunca "insultou" o jogo por depois do ataque ter batido... e perceber-se que tinha tratado cultural ? Nada melhor do que isso :p Obriga a fazer-mos quase uma manobra para a população voltar ao normal... o que nos faz mudar de estratégia no momento. Acho mais interessante sem esta opção aqui deixada como sugestão. Mas não deixa de ser interessante para ser implementada caso tenha o botão de "Ativar e desativar"

    Avaliação 5/10 - Aprovo

    "
    "Tudo o que um sonho precisa para ser realizado é alguém que acredite que ele possa ser realizado."