Fan Club da megar [2.075]

    This site uses cookies. By continuing to browse this site, you are agreeing to our Cookie Policy.

    Caros jogadores Chegou o dia da mudança. A partir de hoje (14.02.2019) e por 1 ano este fórum ficará em modo de leitura apenas. Poderão continuar as vossas aventuras e começar novas no nosso novo Fórum, basta registar uma nova conta. Estamos à vossa espera! Cliquem aqui: Novo Forum

    • Há 40 anos nasceu Louise Brown, a primeira bebé proveta do mundo
      Louise Brown é conhecida há 40 anos por ser o primeiro bebé do mundo a nascer através de fertilização in vitro, um método inovador na altura que criou esperança em milhares de casais inférteis de poderem ser pais.
      ---X---


      A notícia do nascimento de Louise Brown, no dia 25 de Julho de 1978, em Oldham, uma cidade do interior de Inglaterra, correu o mundo e gerou grandes debates acerca da nova técnica de reprodução assistida desenvolvida pelos investigadores Patrick Steptoe e Bob Edwards, este último galardoado com o Prémio Nobel da Medicina em 2010.Ao longo da vida, Louise Brown, que já trabalhou como enfermeira e é actualmente funcionária de um posto de correios, tem contado a sua história em várias organizações e participado em vários eventos.

      Em Dezembro de 2006, teve o primeiro de dois filhos, concebido por vias naturais. Antes dela, a sua irmã Natalie, que também nasceu através da fertilização in vitro, teve o seu primeiro filho sem recorrer a técnicas de reprodução assistida, colocando um fim às dúvidas sobre se os bebés gerados em laboratório podiam conceber crianças pela via natural.

      Numa entrevista à agência Lusa, quando fez 37 anos e lançou um livro sobre a sua vida, Louise Brown reconheceu que não foi fácil crescer debaixo dos holofotes, mas disse acreditar que valeu a pena e aconselhou os casais a nunca desistirem do sonho de serem pais.

      Louise contou que, quando tinha quatro anos, os pais mostraram-lhe o filme do seu nascimento: "Eles fizeram-no porque em breve eu ia para a escola e receavam que as outras crianças mencionassem o assunto. E também porque sabiam que a comunicação social iria tentar fotografar-me na escola e queriam contar-me a razão desse interesse por mim".

      Os pais de Louise - Leslie e John Brown - tentaram durante nove anos engravidar, sem sucesso. Coube à equipa de Patrick Steptoe e Bob Edwards proporcionar-lhes um filho através de um método então inovador que tinham desenvolvido na década anterior: a Fertilização In Vitro (FIV), que consiste na junção em laboratório dos óvulos com os espermatozóides, com posterior transferência dos embriões para o útero.

      "Os meus pais contaram-me que fui concebida de uma forma diferente das outras pessoas. Não tenho a certeza de ter percebido tudo na altura, mas tomei consciência de que era uma coisa diferente e que eu tinha sido a primeira no mundo", acrescentou.

      Assim que nasceu, Louise foi sujeita a "todos os tipos de exame" para avaliarem se era perfeitamente normal. "E eu era!", afirmou. "Desde então, as pessoas aceitaram que nascer In Vitro não faz qualquer diferença para um ser humano", disse.

      Louise Brown realçou alguns dos aspectos positivos que resultaram do seu pioneirismo. "Adoro viajar e conhecer pessoas FIV - especialmente pequenos bebés - e é muito frequente as pessoas abordarem-me e agradecerem-me por ter sido a primeira".

      "Francamente, acho que os verdadeiros pioneiros foram os meus pais e a equipa de Patrick Steptoe e Bob Edwards. Eu sou apenas o resultado do seu trabalho pioneiro", declarou.

      Desde o nascimento de Louise, outras oito milhões de crianças vieram ao mundo com a ajuda da ciência, nomeadamente de técnicas de Procriação Medicamente Assistida (PMA) como a FIV.

      Louise já conheceu algumas destas crianças, sentindo com algumas delas muito em comum. "É fantástico quando ouço algumas das histórias dos seus pais e de como são felizes por terem conseguido um filho".


      In: Notícias ao Minuto
    • Uma velha senhora foi a um safari em África e levou o seu velho rafeiro com ela.

      Um dia, caçando borboletas, o velho cão, de repente, deu-se conta que estava perdido.

      Vagueando a esmo, procurando o caminho de volta, o velho cão percebe que um jovem leopardo o viu e caminha em sua direcção, com a firme intenção de conseguir um bom e farto almoço.

      O velho cão pensa rápido (pois velho pensa rápido):

      - Oh, ohuuuuuu! Estou mesmo enrascado! Olhou à volta e viu ossos espalhados no chão bem próximo dele. Em vez de se apavorar ainda mais , o velho cão, ajeitou-se junto ao osso mais próximo, e começou a roê-lo, dando as costas ao predador, fingindo que não o tinha visto antes.

      Quando o leopardo estava a ponto de dar o salto afim de o abocanhar, o velho cão exclamou bem alto:

      - Este leopardo estava delicioso!!! Será que há outros por aí??

      Ouvindo isto, o jovem leopardo, com um terrível arrepio de espinha, suspendeu o seu ataque, já quase começado e esgueirou-se na direcção das árvores e pensou:

      - Caramba!!! Es ta foi por pouco!!! O velho rafeiro quase me pegava.!

      Um macaco, numa árvore ali perto, viu a cena toda e logo imaginou como fazer bom uso do que vira. Em troca de protecção para si, informaria o predador que o cão não havia comido leopardo algum...

      E assim foi, rápido, em direção ao leopardo. Mas o velho cão viu-o correndo na direcção do predador em grande velocidade, e pensou:

      - Alí há marosca.

      O macaco logo que alcançou o felino, cochichou-lhe o acontecido e fez um acordo com o leopardo.

      O jovem leopardo ficou furioso por ter sido enganado e diz:

      - Oh macaco, sobe nas minhas costas para veres o que vai acontecer com aquele cão abusador.

      O velho cão vê o leopardo furioso, vindo na sua direcção, com um macaco nas costas, e pensa rápido novamente:

      - E agora, o que é que eu faço?

      Mas em vez de correr (pois sabia que as suas pernas doloridas não o levariam longe...), senta-se mais uma vez de costas para os agressores, fazendo de conta que não os via. Quando estavam perto o bastante para ouvi-lo, o velho cão diz:

      - Mas onde é que anda aquele macaco? Estou a morrer de fome.!!! Disse que me traria outro leopardo e até agora nada.

      Moral da história:
      Não te metas com Cão Velho... Idade e habilidade sobrepõem-se à juventude e à intriga. A Sabedoria só vem com a idade e a experiência.
    • Que bela história


      Hoje resgatei um humano!



      "Os seus olhos encontraram os meus, enquanto ela caminhava pelo corredor olhando apreensivamente para dentro dos canis.

      Imediatamente senti sua necessidade e sabia que tinha de ajudá-la. Abanei a minha cauda, não tão entusiasticamente para não assustá-la.

      Quando ela parou em frente ao meu canil, tampei a sua visão para que não visse o que eu tinha feito no canto de trás. Não queria que ela soubesse que ninguém ainda havia me levado para um passeio lá fora. Às vezes, os funcionários do abrigo estão muito ocupados e não gostaria que ela pensasse mal deles.

      Enquanto ela lia as informações a meu respeito, no cartão pendurado na porta do canil, eu desejava que ela não sentisse pena de mim, por causa do meu passado. Só tenho o futuro pela frente e quero fazer diferença na vida de alguém. Ela se ajoelhou e mandou beijinhos para mim. Encostei meus ombros e minha cabeça na grade, para confortá-la. As pontas de seus dedos acariciaram meu pescoço; ela estava ansiosa por companhia. Uma lágrima escorreu pelo seu rosto e, então, elevei uma de minhas patas para assegurá-la de que tudo estaria bem.

      Logo, a porta de meu canil se abriu e o seu sorriso era tão brilhante que, imediatamente, pulei em seus braços. Prometi mantê-la em segurança. Prometi estar sempre ao seu lado. Prometi fazer todo o possível, para ver aquele sorriso radiante e o brilho em seus olhos...
      Tive muita sorte dela ter vindo até ao meu corredor. Há ainda tantas pessoas por aí, que nunca caminharam por esses corredores... Tantas para serem salvas... Pelo menos pude salvar uma.

      Hoje resgatei um humano!"

      In: Facebook
    • Sabiam que ... ...

      O Dia Mundial do Professor celebra-se anualmente no dia 5 de outubro.


      O Dia Mundial do Professor homenageia todos os que contribuem para o ensino e para a educação da sociedade.

      Este dia promove todos aqueles que escolheram o ensino como forma de vida e que dedicam o seu dia-a-dia a ensinar, crianças, jovens e adultos. A mensagem do Dia Mundial do Professor está na dignidade e na importância do professor na sociedade, como construtor de pessoas.

      Este dia do professor, um profissional que é na prática um pilar da sociedade, é um pouco ofuscado em Portugal pela comemoração da Implantação da República, na mesma data.




      Origem da Data

      A data foi criada pela UNESCO em 1994 com o objetivo de chamar atenção para o papel fundamental dos professores na sociedade e na instrução da população. No Brasil, este dia celebra-se dez dias mais tarde, a 15 de outubro.

      Hoje em dia continua a registar-se a falta de professores em vários países, especialmente nos países africanos. Em Portugal, a colocação de professores costuma pecar por tardia e por confusa, mesmo em cima do início das aulas.

      Todos os anos é divulgada uma mensagem especial para este dia pelos representantes da UNESCO, OIT, UNICEF, PNUD e Education International.

      in: calendarr.com/portugal/dia-mundial-do-professor/


      Parabéns a todos os professores por terem escolhido tão nobre tarefa.

      The post was edited 1 time, last by megar ().

    • Antes de mais Megar é sempre bom relembrar os mais esquecidos destas datas.

      Só é pena, pelo menos em Portugal, assistir-se ao total desprezar de uma classe profissional como a docente.

      Uma sociedade que destrata aqueles que contribuem para a formação pessoal de cada um (seja em conhecimentos específicos, seja enquanto pessoas) é uma sociedade que não luta pelo seu próprio futuro.

      Isto num dia em que comemora a implantação de um regime democrático que teve como uma das bases fundamentais a defesa da Educação.

      Sejam felizes!!!
      -------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------------
      "A guerra é mãe e rainha de todas as coisas; alguns transforma em deuses, outros, em homens; de alguns faz escravos, de outros, homens livres."
      Heráclito
    • Um filho vendo a mãe chorar, pergunta!
      Porque está chorando?
      - Porque eu sou mãe , respondeu ela.

      Eu não entendi , disse ele.
      Ela apenas o abraçou e sussurrou:
      - Nunca entenderás.

      Mais tarde o menino perguntou ao pai
      - Porque as mães parecem
      chorar sem nenhuma razão aparente?

      Todas as mães choram sem motivo ,
      foi o que o pai conseguiu responder.

      O menino cresceu, tornou-se um homem
      e ainda tentava entender porque mães
      volta e meia estão chorando.

      Após muitos anos, já em avançada idade,
      ele deixou o mundo.
      Quando sua alma se viu frente a frente
      com Deus, logo disse:
      Senhor, nunca entendi porque mães
      choram tão facilmente.

      Disse Deus:

      Quando eu criei as mães
      tinha que ser algo especial.

      Eu fiz seus ombros fortes o suficiente
      para carregar o peso do mundo
      e, ainda, suficientemente
      confortáveis para dar apoio.

      Eu dei a elas a força para
      a hora do nascimento dos filhos
      e para suportar a rejeição
      que tantas vezes vem deles.

      Eu dei a elas a fibra que permite
      a continuação da luta
      quando todos à sua volta já desistiram.

      Dei-lhes a perseverança em proteger
      a família por entre doenças e tristezas
      sem jamais desistir de amar.

      Dei-lhes a sensibilidade para amar seus filhos
      diante de quaisquer circunstâncias,
      mesmo que eles a tenham
      magoado profundamente.

      Essa mesma sensibilidade
      as ajuda a silenciar
      o chorinho dos seus bebês,
      fazendo com que se acalmem e,
      quando adolescentes,
      que compartilhem com ela
      suas ansiedades e medos.

      ... E, finalmente,

      dei-lhes a lágrima para derramarem
      sem nenhuma razão aparente.

      É sua única fraqueza.
      Por que fiz isso?
      Para não diferenciá-las por completo
      do restante da espécie humana .


    • No mesmo dia e mês de 2014 eu escrevi neste tópico

      megar wrote:

      Quanto tempo mais estarei entre vós? O tempo passa demasiado depressa e eu peço aos mais jovens que o aproveitem ao máximo. Não deixem os vossos sonhos morrer. Não percam tempo com inutilidades. A vida tem tantas coisas boas …

      E se eu me for enquanto ainda existir o IKA, peço aos moderadores actuais ou futuros, que mantenham este Fan Club aberto durante algum tempo. Dos confins do Universo eu verei todos os que por aqui passarem.
      Os anos passaram mas os sentimentos são os mesmos.

      Muito obrigada a todos os que aqui me têm feito companhia ao longo de vários anos. Todos vocês são parte de mim.

      E se eu de algum modo alguma vez magoei alguém, peço mil perdões. Podem crêr que nunca foi minha intenção.